Evite erros ao limpar os pisos de madeira e aprenda a remover até as manchas mais difíceis

banner-centro-home1
Prevenção da Dengue
24 de junho de 2014
home_bg1
Dicas Para Comprar Material de Construção
10 de julho de 2014

Evite erros ao limpar os pisos de madeira e aprenda a remover até as manchas mais difíceis

favicon
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Para a limpeza do piso laminado, use o pano umedecido em água e detergente neutro, sempre bem torcido

Diversas são as opções de produtos para a limpeza do chão da casa na prateleira do supermercado, por isso, surge a dúvida: o que posso usar nos pisos laminados e nos de madeira natural? E como faço para higienizar sem causar danos ao material? Para evitar surpresas, aprenda as diferenças entre esses revestimentos e saiba como mantê-los limpos e bem conservados através de cuidados bem menos complexos do que se imagina.

O piso de madeira natural, como o próprio nome diz, é produzido a partir do lenho espesso, apenas tratado e cortado para ser usado como revestimento e, geralmente, apresentado na forma de tacos ou assoalhos, como o de tábuas corridas. De acordo com a palestrante da empresa Help Personal Assistant – especializada em organização residencial e empresarial -, Heloisa Sundfeld, a grande vantagem deste material é a possibilidade de raspagens para a renovação da superfície no correr do tempo de uso. A desvantagem, porém, é o alto custo do produto.

Mais fino do que o revestimento maciço, o carpete (de madeira) é composto por uma folha natural, colada e prensada a uma base de fibra lenhosa processada e misturada a materiais sintéticos, os chamados compensados, aglomerados, MDF´s ou similares. Por sua vez, o laminado, aparentemente semelhante ao carpete, tem em sua composição, além da madeira, uma fina lâmina de papel revestida por resinas termoestáveis (melamínica ou fenólica), que lhe confere elevada resistência.

Para os laminados, em específico, existe no mercado uma série de limpadores desenvolvidos pelas próprias marcas produtoras do revestimento e que prometem retirar sujeiras mais difíceis e conservar a qualidade do piso. Mas a “house organizer” Ingrid Lisboa ressalta: para uma higienização eficiente, basta usar um pano umedecido em uma solução de água e detergente neutro, sempre bem torcido. Assim, para tirar as dúvidas que sempre surgem ao faxinar, o UOL Casa e Decoração preparou um guia prático que pode ajudar a evitar erros comuns e, até, economizar na listinha da limpeza. Veja!

Evite Riscos:
Como qualquer superfície lisa, os laminados ou carpetes de madeira podem ser riscados. O que, no caso destes pisos, quase sempre significa recuperação impossível. Por isso, se previna:

– Na entrada dos ambientes, coloque capachos ou pequenos tapetes para conter o excesso de sujeira dos sapatos, que podem contar com partículas abrasivas – como pedras – sujeitas a riscar o piso;

– Sob os pés de mesas, cadeiras e outros móveis aplique feltros protetores autocolantes que diminuem o atrito entre as superfícies. No caso de cadeiras com rodinhas, escolha as que possuem rodízios de poliuretano que previnem marcas no revestimento;

– Nunca arraste os móveis, se quiser deslocá-los durante a limpeza ou reposicioná-los em uma repaginada no ambiente, peça ajuda e levante as peças.

De outro modo, os pisos de madeira maciça, quando riscados são passíveis de recuperação através de lixamento e novas demãos de vernizes e resinas. Para fazer o serviço, procure uma empresa especializada. Mas, também no caso de assoalhos, tacos em afins, não custa seguir o lema da prevenção e as dicas acima.

Fonte: Karine Serezuella
Do UOL, em São Paulo

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
ORÇAMENTO
× Clique e Fale por WhatsApp